TropOS LabFis 0.11

IMPORTANTE: Veja o aviso

Sobre o nome: Em Abril de 2015, o LabFis passou a ser chamado de TropOS. Nesta documentação nos referiremos a LabFis apenas quando falamos especificamente de versões anteriores versão do sistema.

A versão do TropOS "Labfis 0.11" é baseada no Debian Wheezy e é uma reconstrução do sistema que consiste de uma verdadeira instalação do GNU/Linux em um pendrive de 8 GB para uma completa experiência de um sistema GNU/Linux instalado.
Adicione arquivos, instale pacotes, rode serviços de rede a partir do pendrive*. Ideal para quem quer versatilidade para seus arquivos e programas ou está conhecendo o GNU/Linux. Tenha em mente que, dependendo da velocidade do seu pendrive, você pode uma experiência um pouco mais lenta do sistema operacional. O LabFis 0.11 está disponível em dois sabores: com ambiente gráfico xfce e Gnome3. Abaixo estão descritos os detalhes de construção do TropOS.

Por questões de segurança, serviços de rede como o servidor SSH não são previamente instalados no TropOS*.

* AO INSTALAR QUALQUER SERVIÇO DE REDE NO PENDRIVE, COMO UM SERVIDOR SSH, ALTERE AS SENHAS PADRÃO DO SISTEMA, TANTO DO USUÁRIO LABFIS COMO DO ROOT. CASO CONTRÁRIO SEU SISTEMA ESTARÁ EM GRANDE RISCO DE SEGURANÇA.

A partir do TropOS LabFis 0.11b a senha do root foi removida e o usuário padrão foi incluído no grupo sudo para poder executar atividades administrativas. Assim apenas uma senha precisa ser substituída e memorizada. Verificamos um bug, de forma que o root poderá retornar em futuras versões.

Como obter o TropOS?

Download das imagens do TropOS

Para criar uma imagem do TropOS LabFis 0.11 em um pendrive, faça o download do arquivo de imagem abaixo ou navegue pelas imagens disponíveis, de acordo com a sua preferência. Está disponível com ambiente gráfico xfce e Gnome3.

Instruções para criação do DVD ou Pendrive

Após descompactar o arquivo siga as Instruções para criação do DVD ou Pendrive. É importante utilizar um pendrive de pelo menos 8GB. A partir da versão 0.11, apenas a versão pendrive está disponível.

Caso prefira o TropOS instalado no disco rígido do seu computador, o que resulta em maior desempenho, faça uma instalação padrão do Debian Wheezy e realize as adaptações descritas abaixo. Também é possível copiar a partição do pendrive para o disco rígido, recomendável apenas para usuários experientes.

Como utilizar todo o espaço livre do seu pendrive?

ANTES DE REALIZAR QUALQUER UMA DESTAS OPERAÇÕES, CERTIFIQUE-SE DE TER BACKUP DE TODOS OS SEUS ARQUIVOS DO PENDRIVE.

O TropOS Labfis 0.11 requer um pendrive de 8GB para a sua instalação, restando um pouco mais de 1GB para gravação dos arquivos do usuário. Entretanto, alguns pendrives, mesmo anunciados como 8GB de capacidade, apresentam um espaço menor, em alguns casos até 7.7GB, o que ainda permite a execução do TropOS e seus programas. Para permitir a instalação do TropOS nestes pendrives, a imagem foi adaptada para 7.7GB. Isto faz com que todos os pendrives deixem de usar toda a sua capacidade.

Para expandir a partição do TropOS a fim de ocupar todo o espaço livre do pendrive, após a criação do pendrive utilizando o comando dd, utilize o gparted. Aumente a partição do TropOS para utilizar todo o espaço disponível à direita da partição. ATENÇÃO: Não mova o inicio da partição pois isto danificará o grub, impossibilitando a inicialização do TropOS. Este procedimento pode ser utilizado para unidades de qualquer tamanho maior que 7.7GB, inclusive discos rígidos.

Como alterar o UUID da partição do TropOS

Em alguns casos pode ser necessária a substituição do UUID da partição do TropOS. UUID deve representar um identificador único de cada partição, entretanto, a forma de criação do pendrive utilizando o comando dd também mantém o mesmo identificador da partição. Isto pode ser um problema ao inserir mais de um pendrive no sistema com o mesmo UUID.

Para alterar o UUID, tome nota do UUID antigo e utilize o gparted ou o seguinte comando:

tune2fs /dev/{dispositivo} -U random

A seguir substitua o UUID antigo pelo novo no arquivo /<caminho_do_pendrive>/etc/fstab e /<caminho_do_pendrive>/boot/grub/grub.cfg. Atenção redobrada para realizar a substituição nos arquivos do pendrive desejado e não nos do sistema original.

Construção Básica do TropOS

Aqui é descrito como o TropOS "LabFis 0.11" foi criado. O TropOS "LabFis 0.11" consiste de uma instalação do Debian Wheezy 7.0.0 em um pendrive de 8 GB acompanhada de alguns pacotes do repositório Debian e personalizações do sistema, conforme descrito abaixo.

A imagem do pendrive foi criada utilizando o comando dd:

dd if=/dev/sdX of=LabFis_X.img

onde /dev/sdX é o caminho para o Pendrive. Este comando cria uma imagem completa da unidade do pendrive no arquivo indicado.

Como alguns pendrives apresentam tamanho menor que o anunciado, a partir da versão 0.11b imagem está sendo disponibilizada para um pendrive de 7.7GB.
Para isto a partição do sistema no pendrive de 8GB foi reduzida para aproximadamente 7.69GB utilizando o gparted. A imagem foi extraída para um arquivo conforme descrito acima e então o arquivo foi truncado nos primeiros 7.7GB utilizando o comando dd, copiando 7343 blocos de 1048576 bytes:

dd if=LabFis_0.11b-xfce-PendriveX.img of=LabFis_0.11b-xfce-Pendrive7.7GB.img bs=1048576 count=7343

Esta imagem foi comprimida e disponibilizada para download.

Como a imagem reduzida foi criada?

Para criar a imagem reduzida com 7.7GB a partir de um pendrive de 8GB, foram utilizados os seguintes passos: 1) a partir de uma imagem funcional do TropOS, foi utilizado o gparted para reduzir o tamanho da partição do sistema a fim de ocupar um tamanho menor do que 7.7GB desejados (no caso foi 7.4GB - uma exagerada margem de segurança); 2) utilizado o comando dd para copiar os primeiros 7.7GB do pendrive para o arquivo de imagem no disco rígido, copiando 7343 blocos de 1048576 bytes.

dd if=/dev/sdf of=LabFis_0.11c-Gnome3-Pendrive7.7GB.img bs=1048576 count=7343

Esta imagem está pronta para ser utilizada.

Poderia ter sido mais criterioso com os valores utilizados. Da próxima vez reduzirei a margem de segurança.

Repositórios

Configuração de repositórios em /etc/apt/sources.list com as seguintes linhas:

deb http://ftp.br.debian.org/debian stable main
deb http://ftp.debian.org/debian/ wheezy-updates main
deb http://security.debian.org/ wheezy/updates main

Ferramenta para geração de sources.list do apt: http://debgen.simplylinux.ch/

Miscelânea

Plano de fundo em /usr/share/wallpapers/labfis
Página inicial do navegador: http://cta.if.ufrgs.br

Incluído grupo 'dialout' como padrão para novos usuários do sistema. Garante que todos usuários e também que o sistema live terão acesso ao Arduino. Arquivo de configuração /etc/adduser.conf

Personalização das barras XFCE

  • Aplicativos na barra superior, configuração do monitor e do teclado
  • Applets na barra inferior: monitor de sistema, temperatura (Porto Alegre), volume

Personalização da Área de trabalho do Gnome3

Foram habilitadas as ícones da área de trabalho executando o comando

dconf-editor

e habilitando a opção em 'org' -> 'gnome' -> 'desktop' -> 'Background' -> 'show-desktop-icons'.

Pacotes Debian oficiais instalados

Os pacotes instalados estão descitos na página ferramentas.

Comando para instalar todos os pacotes (executar como root):

apt-get install python-matplotlib emacs arduino audacity gparted gnuplot grace gitg gfortran jed texlive-base texlive-publishers texlive-generic-recommended gv firmware-linux-free hardinfo qtiplot scidavis sox maxima scilab octave imagej geany python-wxtools scribus inkscape sozi blender freemind freemind-plugins-svg openshot gtk-recordmydesktop celestia-gnome stellarium chromium-browser fritzing ipython ipython-notebook pulseaudio

Firmwares não-livres

Infelizmente nem todos os fabricantes de hardware disponibilizam firmwares/drivers para a utilização de seu equipamento. Isto pode tornar a experiência de uso de software totalmente livre bastante frustrante. Para conveniência aos usuários, foram incluídos alguns pacotes não livres relacionados aos firmwares/drivers de placas de rede no TropOS.

  • firmware-linux-nonfree
  • firmware-realtek
  • firmware-atheros
  • firmware-ralink
  • firmware-iwlwifi
  • firmware-brcm80211
  • b43-fwcutter

Para isto foram temporariamente habilitados os repositórios contrib e non-free em /etc/apt/sources.list:

deb http://ftp.br.debian.org/debian stable main contrib non-free

Para saber mais sobre a política de pacotes e repositórios consulte a página de pacotes do Debian.

Pacotes instalados no TropOS sabor Gnome3

  • nautilus-image-converter

Software de terceiros instalados

Foram adicionados atalhos para aplicativos em /usr/share/applications.

Transformada rápida de Fourier

Estamos a procura de uma solução que transformada rápida de Fourier para o sinal do microfone da placa de som. Até a versão 0.10 do TropOS estava sendo utilizada o fft-spectra, entretanto ainda não foi possível portar esta solução para o Debian Wheezy. Caso conheça alguma solução compatível com o Debian Wheezy, por favor entre em contato.

Mais informações em Transformada rápida de Fourier

Sistema Live (estático)

Roda a partir do pendrive (ou DVD) com sistema de arquivos somente leitura - dados não podem ser salvos no pendrive (ou DVD). A vantagem é que o sistema fica menor e não corre o risco de dano por falhas de configuração, pacotes quebrados. É um canivete suíço digital para professores, cientistas e engenheiros. Criado utilizando o Remastersys. Cabem em um pendrive de 4 GB.

Infelizmente o Remastersys teve seu desenvolvimento descontinuado pelo seu mantenedor e a versão disponível para o Debian Wheezy não está funcionando a contento. Particularmente o instalador do sistema não está funcional.

No momento os planos de lançamento de versão live do TropOS 0.11 ou superior estão parados.