O que é o CTA?

O CTA tem como objetivo o desenvolvimento de projetos científicos e tecnológicos compatíveis com o compartilhamento de conhecimento, natural do espírito científico, fomentando o desenvolvimento e adoção de tecnologias livres e recursos educacionais abertos. Visa definir novos padrões nos modos nos quais o conhecimento gerado na universidade é difundido e utilizado pela sociedade.

A fim de diminuir as barreiras para a livre circulação de conhecimento, a adoção de licenças permissivas, formatos de dados abertos e ferramentas livres capazes de lê-los, interpretá-los e modificá-los são essenciais. Assim, o CTA busca criar, desenvolver e adotar ferramentas livres para o uso e desenvolvimento do conhecimento. Faz isto aplicando princípios de Ciência Aberta e Recursos Educacionais Abertos para projetos de ensino, pesquisa e extensão da universidade.

Este espaço é inspirado em iniciativas de livre circulação de conhecimento tais como a iniciativa de Hardware Aberto do CERN, onde projetistas tem a oportunidade de colaborar em meio à abundância de ideias e criatividade. Também inspira-se na disponibilização de recursos educacionais abertos como os Opencourseware do MIT, da Unicamp e da Free Technology Academy.

Este espaço virtual está aberto tanto para alunos da UFRGS como também para participação de pessoas não vinculadas à universidade. Colaboradores externos são bem vindos tanto para estudar os projetos aqui desenvolvidos como também para contribuir no seu desenvolvimento.

O material aqui desenvolvido é licenciado de forma a garantir quatro liberdades fundamentais a seus usuários: a de usar a tecnologia, estudá-la, modificá-la e distribuí-la. Tem o intuito de, atuando como um repositório de projetos de hardware e software livre, facilitar a transferência de tecnologia científica para a sociedade ao mesmo tempo em que fomenta a formação de nichos de compartilhamento de conhecimento.

Mais informações sobre o CTA podem ser encontrados nas Perguntas Frequentes e na wiki de suporte. Leia também a Ata de Fundação CTA.

Equipe CTA

Não basta ensinar ao homem uma especialidade. Porque se tornará assim uma máquina utilizável, mas não uma personalidade. É necessário que adquira um sentimento, um senso prático daquilo que vale a pena ser empreendido, daquilo que é belo, do que é moralmente correto. A não ser assim, ele se assemelhará, com seus conhecimentos profissionais, mais a um cão ensinado do que uma criatura harmoniosamente desenvolvida. Deve aprender a compreender as motivações dos homens, suas quimeras e suas angústias para determinar com exatidão seu lugar em relação a seus próximos e à comunidade.

Albert Einstein, Como Vejo o Mundo