Notícias

Do contexto local ao Mundo, CTA consolida colaborações

Adicionado por Leonardo Sehn 3 dias atrás

O ano começou com entusiasmo. O CTA firmou sua participação na campanha #InovaçãoUFRGS, realizando eventos no Instituto de Física em que se mostrou a relação entre inovação e liberdade de conhecimento tecnológico. Além de mostras de projetos inovadores, foram realizadas vivências como a III Hackatona do CTA, um convite aberto para pessoas colaborarem em um projeto que ficará exposto no próprio IF. Em mais um passo na consolidação das Hackatonas como metodologia de colaboração para o desenvolvimento de projetos, uma parceria entre 3 grupos de 2 Unidades da UFRGS foi estabelecida na forma de Hackatona. Com percurso de 12 meses, estudantes trabalharão conjuntamente para o desenvolvimento de projetos de 3 áreas: Estimulador Neuronal, Detector de Raios Cósmicos e Cardiorrespirômetro.

Participantes durante III Hackatona CTA

Tivemos mais um vez a alegria do reconhecimento com o Destaque no Salão de Iniciação Científica da UFRGS. Alisson Claudino foi premiado com o projeto SADAPMAP. Mas não foi apenas no contexto local que pudemos ver colaborações serem construídas e reconhecimentos como esses serem concedidos. O colaborador Vitor Vargas obteve a 3ª classificação na competição de carros elétricos do ITA com sua equipe. Também em contexto nacional, passamos a integrar o movimento do projeto Escola-Mundo, que reúne pesquisadores e grupos de Universidades de diferentes Unidades da Federação.

Colaboradores no I Seminário Escola-Mundo.

Um capítulo especial da história do CTA começou a ser escrito esse ano, quando a iniciativa EITCHA!, a Escola Itinerante de Tecnologia Cidadã Hacker, começou suas atividades em escolas. Depois de ser premiada no ano passado com o Mozilla Minigrants, a EITCHA! realizou 8 ciclos de oficinas além de participações em eventos locais, nacionais e internacionais, que impactaram cerca de 200 estudantes. Numa consolidação desse trabalho com a escola estadual José Loureiro da Silva em Esteio, CTA e EITCHA! estabeleceram parceria para a realização do Mutirão das Estações Meteorológicas Modulares (EMM). Nessa atividade, estudantes realizam uma atividade educacional colaborativa para reproduzir o protótipo das EMM na escola. De quebra, o colaborador da EITCHA! e do CTA, Leonardo Sehn, foi convidado para falar sobre o projeto no Mozilla Festival, em Londres.

Participante realiza testes durante Mutirão das EMM

No cenário local e nacional tivemos a felicidade de firmar parcerias potentes, mas foi no contexto latino americano que surgiu a oportunidade inspiradora de sediar um encontro para tecnologias livres. Após participação do colaborador Rafael Pezzi no TECNOx 3.0 em Valparaíso no Chile, ficou definido que a quarta edição seria no Brasil. Em um momento de reflexão sobre o fazer científico diante das crises de conhecimento e da ciência que vivenciamos, propomos para o TECNOx 4.0 o tema "Ética, direitos humanos e tecnologias livres". O evento foi agraciado com financiamento do CNPq e da CAPES e conta com o apoio institucional do Instituto de Física e da UFRGS e já é um sucesso antes de começar, pois contamos com as inscrições de cerca de 90 pessoas de 6 países da América Latina.

Participantes em encontro TECNOx.

Por mais que vejamos esse encontro com entusiasmo, sabemos que é só o começo. De fato. O evento será o começo da primeira Residência para formação de uma rede latino americana para as tecnologias livres, para a qual o CTA foi escolhido como sede. Esse é um grande avanço na colaboração de grupos da América Latina em prol da liberdade de conhecimento tecnológico. O trabalho conjunto em projetos e compartilhamento de metodologias de trabalho, marcarão o primeiro dessa série quatro encontros, já financiado pela CYTED. As próximas edições serão no Perú, na Argentina e no Chile.
A estruturação de uma rede latino americana é não só a consolidação da caminhada de cerca de 6 anos e meio do CTA, mas é também uma demanda identificada por todo um movimento social global para o hardware para a ciência aberta, o GOSH (Global Open Science Hardware). 2 colaboradores do CTA, Leonardo Sehn e Marina de Freitas, foram selecionados para participar do encontro GOSH 2018, em Shenzhen, na China. Alguns dos temas centrais foram justamente como atingir maior impacto com projetos de hardware para a ciência aberta e como estruturar redes regionais para consolidar esse movimento nos diferentes contextos.

Participantes do GOSH 2018

Foi tanto e em tão pouco tempo.E vemos que o que está por vir é ainda mais intenso. Em momentos de crise humanitária e do conhecimento pelo mundo afora, é inspirador poder realizar tantos movimentos para estabelecer novos paradigmas de produção e disseminação do conhecimento. A ciência aberta e ciência cidadã, as tecnologias livres e a educação aberta nos fazem ver um caminho para superar uma época de muro em um momento de crise: colaborações.
¡Y hasta 2019!

Destaques, prêmios e parcerias

Adicionado por Marina de Freitas 3 dias atrás

Organizamos 6 atividades na UFRGS, participamos de 11 encontros e congresso nacionais e 7 internacionais. Começamos por Santa Catarina, subimos para Curitiba, uma pausa em São Paulo e pegamos uma praia em Salvador. Aproveitamos o inverno chileno, o verão chinês e pegamos uma garoa londrina.
Para 2019, fomos escolhido para sediar o TecnoX 4.0 ! As edições anteriores passaram pela Argentina, Chile e México. Em paralelo, fomos agraciados, juntamente com outros parceiros da America Latina, com o edital , foram agraciados pelo edital de redes temáticas da CYTED com o projeto "Hacia una red de tecnologías libres para educación, investigación y ciencia comunitaria", que tem como objetivo fomentar uma rede de desenvolvimento de tecnologias livres na América Latina. O TECNOx 4.0 também terá financiamento aprovado pelo CNPq e pela CAPES.

Mais uma vez ganhamos destaque no Salão de Iniciação Cientídica da UFRGS. O estudante Alisson Claudino ganhou destaque na sessão Engenharias - Física, Computação e Controle e Automação - com o projeto Sistema de Aquisição de Dados para Análise e Processamento de Materiais em Altas Pressões (SADAMAP ) . Nossos colaboradores foram destaque também em outros institutos de pesquisa. Em Março o estudante Cristthian Arpino realizou um estágio de inverno no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP), o qual culminou na publicação Simulação da operação e comunicação de uma carga útil baseada na Sonda de Langmuir com o OBC do NanosatC-Br2
Recentemente o estudante Vitor Vargas, juntamente com sua equipe, conquistou o 3° lugar , na categoria Embarca, na competição de carros elétricos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica.

O CTA iniciou e consolidou parcerias com 4 grupos de pesquisa com o formato de Hackatona de 12 meses, que busca aproveitar a sinergia entre os diferentes projetos por meio da colaboração das e dos estudantes envolvidos. São eles o o Laboratório de Altas Pressões, o Grupo de Física Experimental de Altas Energias e o Grupo de Pesquisa em Redes neurais, todos do Instituto de Física., e CardioEx (cardiologia do exercício), grupo de pesquisa do Hospital de Clínicas.

Foi iniciada a criação de um FabLab em parceria com o Prédio H (IF) para atuar na concepção e construção de instrumentos livres para o ensino de ciências.

Pela primeira vez, é publicada a Dissertação de Mestrado de um colaborador do CTA. O colaborador Leonardo Sehn apresentou o trabalho "Ciência Cidadã por meio de Estações Modulares: Construindo as condições para um Monitoramento Meteorológico Colaborativo" como conclusão do seu mestrado em Sensoriamento Remoto.

Confira mais detalhes das atividades que partcipamos aqui.

Participação em encontros e congressos

Adicionado por Marina de Freitas 3 dias atrás

Encontros e congressos

Promovidos pelo CTA

A III Hackatona, ainda em andamento, já contou com mais de três etapas, e incontáveis encontros extra-oficiais. Foram 3 oficinas sobre o uso de ferramentas livres e uma série de encontros sobre a crise da ciência, seus possíveis futuros e o papel da universidade.

Em parceria com a EITCHA! , o CTA recebeu o Mutirão das Estações Meteorológicas Modulares (EMM). Pela primeira vez está sendo fabricado, montadoe instalado uma EMM fora da universidade e em conjunto com estudantes estudantes de ensino médio. A iniciativa envolveu também a visita dos mais de 30 estudantes ao laboratório e ao Instituto de Física para a fabricação de um dos elementos das EMM

As atividades foram:

Nacionais

Internacionais

Debate CTA com Maíra Baumgarten e Rualdo Menegat

Adicionado por Rafael Pezzi aproximadamente 1 mês atrás

Debate CTA: A crise da ciência, seus possíveis futuros e o papel da universidade

Evidências de uma crise da ciência moderna têm se manifestado em diferentes momentos e instâncias na sociedade atual. A desconfiança com relação às vacinas e outras ações de prevenção na saúde, a volta ao ensino da teoria criacionista, o descrédito de importantes mandatários com as mudanças climáticas e os impactos das fake news na nossa sociedade são exemplos. Neste encontro Maíra Baumgarten e Rualdo Menegat irão apresentar alguns referenciais para discutirmos causas do descrédito da população na ciência, possíveis futuros para este cenário e como nós acadêmicos podemos agir a fim de participar da construção de um futuro no qual distintos conhecimentos (populares, científicos, tradicionais) dialoguem e se integrem, conformando uma cultura popular informada e capaz de indicar bons caminhos para a transição social que se esboça.

Facilitadores: Maíra Baumgarten e Rualdo Menegat

  • Data: 26/11/2018 às 17h00
  • Local: Anfiteatro Antônio Cabral, Instituto de Física da UFRGS
    • Segundo andar do Prédio 43135 - em cima da biblioteca do Instituto de Física.

Programação:

  • 17h00-17h30: Exposição dos professores Rualdo e Maíra
  • 17h30-18h30: Discussão livre (possibilidade de prorrogação até às 19h00)

Editais CTA/UFRGS: 4 Bolsas para alunos de graduação 2018

Adicionado por Rafael Pezzi 5 meses atrás

Foram divulgados quatro editais de bolsas para alunos de graduação da UFRGS atuarem no Centro de Tecnologia Acadêmica do IF/UFRGS. É uma oportunidade para renovar o interesse acadêmico e contribuir com o desenvolvimento de projetos para laboratórios de ensino e pesquisa da UFRGS. Venha fazer parte de uma equipe diversa e multidisciplinar aplicando o conceito de conhecimento livre em projetos acadêmicos em diversas áreas.

O Centro de Tecnologia Acadêmica (CTA-IF/UFRGS) foi fundado em 2012 e já é referência internacional no desenvolvimento, aplicação e disseminação de tecnologias livres. Tem marcado presença em eventos internacionais como o Gathering for Open Science Hardware e o Fórum Internacional de Software Livre. Além disso, trará para Porto Alegre, em Março de 2019, o TECNOx 4.0, Encontro Latino Americano de Tecnologias Livres. Venha fazer parte deste movimento! Veja abaixo testemunhos de alguns alunos e ex-alunos do CTA.

Testemunhos

"Pra mim o CTA é mais que um laboratório onde podemos ter uma iniciação à ciência e adquirir conhecimentos técnicos. O CTA é uma comunidade, e envolver-se com ela faz com que desenvolvamos nossa perspectiva sobre a colaboração e convívio entre as pessoas seja num grupo de trabalho, trabalhando num espaço físico em comum ou interagindo remotamente."
– Jan Luc Tavares, Engenheiro Físico

"Trabalho no CTA desde 2015 e e lá aprendi muito mais do que imaginava. Aprendi muito sobre programação e eletrônica, mas também aprendi a usar softwares de edição de imagem e desenho 3D. Aprendi muito sobre o movimento do software livre, GNU/Linux, hardware e ciência. Aprendi a construir uma composteira e a fazer um churrasco vegano. Organizei eventos grandes e pequenos, dei oficinas e participei de muitas. Aprendi a trabalhar em grupo e a lidar com diferentes tipos de pessoas, principalmente comigo mesma. Através das portas que o CTA abriu, viajei para Florianópolis, Foz do Iguaçu, São Paulo, Santos, Santiago do Chile e estou indo para China! O espaço acolhedor e ativo permitiu que eu me encontrasse profissionalmente e que construísse meu próprio caminho."
– Marina de Freitas, Engenheira Física / Formanda 2018-1

"O CTA pra mim é símbolo de liberdade e de expansão do conhecimento. De lá, tirei aprendizados não só sobre tecnologia, mas também de vida. Me tornei não só mais habilidoso no que eu queria, mas também me tornei mais humano. Teve muita mão na massa, e também teve muita discussão sobre que tecnologias estaríamos desenvolvendo e ainda mais sobre onde essas tecnologias seriam aplicadas. Isso é de extrema importância para um engenheiro em formação, pois trata-se de pensar nas consequências antes de criar tecnologia pela tecnologia, se trata de se apropriar das tecnologias em prol do bem estar das pessoas. Isso é liberdade tecnológica, é ciência cidadã."
– Alisson Claudino, Estudante de Engenharia Elétrica

"Novas perspectivas como trabalhar em grupo, trabalhar em projetos, autonomia para gerir projetos, independência tecnológica, entre outras coisas que aprendi no CTA. Esses aprendizados vieram da convivência, estar em um meio que é repleto de pessoas trabalhando em seus projetos, e também dispostas a ajudar umas as outras."
– Renan Soares, Estudante de Engenharia Física

"O CTA pode ser considerado o ambiente adequado para desenvolvimento de projetos de tecnologias livres. Mas esse é só o começo. Conta com a infraestrutura adequada para tal e plataformas de documentação, sim, mas em especial são as interações humanas que garantem a força do laboratório. A expertise em diversas áreas, o apoio mútuo e a responsabilização compartilhada em metodologias de aperfeiçoamento e horizontalidade nos fazem aprimorar nossa colaboração e crescer com análise crítica. Para mim, foi uma oportunidade de ressignificar o fazer ciência e contribuir para o mundo com tecnologia. O CTA vem trazer novos paradigmas de disseminação do conhecimento a partir da integração de metodologias e movimentos, como tecnologias livres, ciência aberta, recursos educacionais abertos e ciência cidadã. Esse trabalho vem evocando reconhecimentos local e mundialmente de grupos e pessoas importantes, o que potencializa nossa responsabilidade coletiva, sempre firmados na ideia de acolhimento."
– Leonardo Sehn, Engenheiro Físico, Mestre e Doutorando em Sensoriamento Remoto

Para esta chamada dispomos de bolsas para início imediato nas áreas de

Gostou da ideia? Então conheça mais sobre as iniciativas e se candidate para uma bolsa:

  • Confira nos anexos os editais específicos para cada projeto nos anexo. Atenção! Os prazos de inscrição são diferenciados.
  • Visite a Sala L110 – Centro de Tecnologia Acadêmica IF/UFRGS (Campus do Vale)
  • Conheça o site do CTA: http://cta.if.ufrgs.br
  • Envie duas dúvidas para cta (arroba) if.ufrgs.br
  • Atue como voluntário no CTA-IF/UFRGS. Bolsistas voluntários tem registro de projeto na PROPESQ/UFRGS para contabilização de créditos complementares.

TECNOx 4.0 será no Brasil, em Porto Alegre!

Adicionado por Leonardo Sehn 6 meses atrás

É com muito entusiasmo que anunciamos que a quarta edição do TECNOx será no Brasil, sediada pelo Centro de Tecnologia Acadêmica do Instituto de Física da UFRGS (CTA IF/UFRGS). O tema desta edição será Ética, direitos humanos e tecnologias livres.

O TECNOx [1] é um evento para promover as tecnologias livres na América Latina. Fazemos e faremos isso em um encontro para fortalecimento e expansão da comunidade que trabalha pela liberdade de conhecimento tecnológico. Nos encontraremos em Março de 2019 aqui em Porto Alegre para o TECNOx 4.0 e trocaremos experiências e saberes para encarar desafios avançados desse movimento e também para integrar novas e novos participantes nele. Acreditamos que essa diversidade é o que qualifica o sentido de existir do movimento.

Participantes reunidos no TECNOx.

O CTA IF/UFRGS [2] vem trabalhando e promovendo tecnologias livres desde 2012, desenvolvendo metodologias [3], infraestrutura [4] e projetos [5] que fortalecem o hardware aberto e livre [6] e áreas afins como ciência aberta [7], ciência cidadã/comunitária [8] e software livre [9]. Estamos trabalhando para dar nossa contribuição e somar ainda mais forças a esse evento pra lá de especial.

Equipe do CTA em uma tarde "regular" de trabalho.
Sabemos, é muito legal tudo isso, mas vamos ter de esperar um pouco. Então, até lá, temos sugestões para ir preparando o coração:
  • Confira as edições anteriores do TECNOx [1] no site pra conhecer melhor o evento. As primeiras três edições foram respectivamente na Argentina, no México e no Chile.
  • Marca na agenda: Mar-ço de dois mil e de-ze-NO-VE!
  • Preste atenção em novas divulgações. Estamos trabalhando para estabelecer canais que facilitem a colaboração para a construção do evento.

Partiu fazer um evento pelas tecnologias livres com a intensidade latino-americana?
Demorou!

Saudações do Comitê Organizador Local do TECNOx 4.0.


Referências:

[1] - http://tecnox.org/
[2] - http://cta.if.ufrgs.br/
[3] - https://cta.if.ufrgs.br/attachments/download/4229/Desenvolvimento_de_tecnologia_para_ci%C3%AAncia_e_educa%C3%A7%C3%A3o_fundamentado_nos_preceitos_de_liberdade_do_conhecimento_o_caso_do_Centro_de_Tecnologia_Acad%C3%AAmica.pdf
[4] - http://cta.if.ufrgs.br/capa/#projetos
[5] - http://cta.if.ufrgs.br/projects/bancada-dos-hiperobjetos/wiki
[6] - https://hardwareaberto.org/wp/definicao-de-hardware-aberto/
[7] - https://doi.org/10.18225/978-85-7013-109-6
[8] - http://revista.ibict.br/liinc/issue/view/244
[9] - https://www.gnu.org/philosophy/free-sw.html

III Hackatona CTA

Adicionado por Renan Ritter Soares 7 meses atrás

Inscrições abertas para a terceira etapa da III Hackatona CTA!!!
As inscrições estão abertas até dia 01 de Junho.
Não precisa ter participado das outras etapas para se inscrever na terceira, pois haverá oportunidade de revisão das atividades já realizadas.
Mesmo quem participou de uma ou ambas etapas já ocorridas, deverá fazer a inscrição para a terceira etapa.

Faça sua inscrição em https://oasis.sandstorm.io/shared/sqx0aXnoQ6-Lq4p5OCenJppiD4zUqa39XOyPh_hyK_E

Mais informações podem ser encontradas aqui: http://cta.if.ufrgs.br/projects/suporte-cta/wiki/III_Hackatona_CTA

Após 48 horas de trabalho duro, conseguimos, nas duas etapas anteriores, caracterizar e projetar o relógio, que após concluído será instalado no Anfiteatro Antônio de Cabral. Nas duas etapas já ocorridas, 14 participantes puderam trabalhar de maneira colaborativa, isso possibilitou que pudessem trocar conhecimento através da interação com os demais participantes ao mesmo tempo em que deram forma ao projeto.

Agora sim, mãos na massa, tiraremos do papel este projeto tornando-o realidade. Utilizando ferramentas como a Fresadora JB, impressora 3D, e muitas outras ferramentas de fabricação. Irá ser utilizado, também, programas como FreeCAD e KiCAD para desenhar o próprio relógio e os esquemáticos das placas de circuitos desenvolvidos na primeira etapa. Nestes momentos será oportunidade de aprender e ensinar a utilizar essas ferramentas.

Esta é mais uma atividade da campanha #InovaçãoUFRGS

CTA e EITCHA convidam para o Arduino Day 2018

Adicionado por Marina de Freitas 7 meses atrás

Arduino Day 2018!

Neste sábado, dia 12 de Maio, é celebrado o aniversário do Arduino com atividades ao redor do mundo. Neste Arduino Day 2018, a EITCHA soma forças ao CTA para promover a emancipação em tecnologias livres. As atividades ocorrerão nos turnos da manhã e da tarde no Prédio O do Campus do Vale, com inscrições por meio deste link .

Oficinas

O CTA oferecerá oficinas de FreeCAD e de QBlade.

Oficina de FreeCAD

Resumo: Introduçao as ferramentas do FreeCAD, software livre para desenho assistido por computador. Serão apresentadas as funcionalidades dos diferentes modulos, como arc nos modulos partdesign, que é utilizado blueprints, asembly2.

Oficina de QBlade

Resumo: Design e desenvolvimento de perfils aerodinamicos de pás para os rotores de turbinas, simulações aerodinamicas, aquisição de dados, visualização de variaveis em gráficos, aplicações hidrodinamicas, aerodinamicas.

A EITCHA colaborará oferecendo as oficinas de Introdução ao Arduino e de Monitoramento Ambiental Colaborativo + prototipagem de Estação Meteorológica. Essas atividades são repletas de momentos mão-na-massa, mas também há reflexões sobre novas formas de produzir conhecimento que as tecnologias livres possibilitam.

Nesta edição, engajada na construção de uma emancipação tecnológica juntamente com o CTA, a EITCHA faz um convite especial para educadoras e educadores que quiserem participar destas atividades. Acreditamos que esta experiência pode ser um passo inicial para multiplicarmos a realização atividades sobre conhecimento livre e cultura hacker, algo que consideramos muito importante e necessário nesse momento mundial e da educação no país.

Oficina de Introdução ao Arduino

Resumo: Introdução à eletrônica, lógica de programação e plataforma Arduino, esta plataforma de prototipagem livre que serve como base de muitas atividades e projetos e que fez crescer muito a comunidade de hardware aberto e livre.
O material da oficina encontra-se disponível para download em https://gitlab.com/eitcha/oficina-intro-arduino

Oficina de Monitoramento Ambiental Colaborativo e prototipagem de Estação Meteorológica

Resumo: Atividade para discutir a importância e relevância da ciência aberta para a construção do conhecimento, a importância do software livre e do hardware aberto e livre para construção de uma ciência aberta e a importância de todos estes elementos para o monitoramento ambiental colaborativo. Depois desse momento de discussão, seguimos com a prototipagem de estação meteorológica com Arduino, aprimorando o conhecimento de Arduino e consolidando o que foi discutido sobre monitoramento ambiental.
Material disponível para download em: https://gitlab.com/eitcha/oficina-aquisicao-de-dados

Confira as demais informações na página do evento.
Inscrições aqui.

Maio das Tecnologias Livres

Adicionado por Marina de Freitas 7 meses atrás

Em comemoração aos 6 anos de CTA, preparamos uma série de atividades para este mês de Maio!

12/5 - Arduino Day

9h-17h, prédio O, Institudo de Física, UFRGS.
Para comemorar o aniversário do Arduino, o CTA oferecerá diversas oficinas de ferramentas livres:
  • Oficina de Introdução ao Arduino
  • Oficina de Monitoramento Ambiental Colaborativo e prototipagem de Estação Meteorológica
  • Oficina de FreeCAD
  • Oficina de QBlade

Inscrições

Inscrições aqui .
Mais informações na página do evento.

15/5 - Ciências e Tecnologias Livres

15h30, Auditório do ILEA.
Atividade parte do 11° Ciclo de Conferências de estudos avançados em ciências e humanidades, onde os professores Rafael Pezzi, Felipe Nievinski e Lucas Schnorr irão conversar sobre Ciências e Tecnologias Livres.
Mais informações na página do evento.

17/5 - Hatch RedBull Basement

19h, sede do CTA, L110, Instituto de Física, UFRGS.

A Residência Hacker é parte de um projeto da Red Bull que visa fomentar projetos de tecnologia de código aberto com impacto social. 5 projetos serão selecionados para receber o apoio de mentores, de infraestrutura e financeiro da Red Bull, durante 2 meses em São Paulo, bem como ser parte integrante da Rede Basement.
Curiosa? Na Hatch do dia 17/5 vamos explicar mais detalhes sobre o que é e como funciona a Residência Hacker, vamos ouvir um pouco mais sobre o movimento de Tecnologias Livres na América Latina e vamos nos desafiar a propor ideias de projetos para a residência.

Tem um projeto de impacto social?
Tem um projeto de tecnologia livre?
Tem um pedaço de projeto legal?
Cola aí na Hatch que nós vamos trazer a força do coletivo para fortalecer as ideias!

Mais informações na página do evento.

Inscrições para o Hatch

Faça sua inscrição aqui

Estação Meteorológica Modula Residência Hacker, e seus componentes,na galeria transitória do RedBull Station. Imagem de Felipe Gabriel/ Red Bull Content Pool sob Copyright.

19/5 - Mostra de Tecnologias Livres

9h-15h, corredores do Instituto de Física, UFRGS.
Mostra de projetos do CTA durante o Portas Abertas UFRGS 2018.
Mais informações na página do evento.

26 e 27/5 - III Hackatona CTA

10h-10h, sede do CTA, L110, Institudo de Física, UFRGS.

Durante essas 24 horas de trabalho, vamos fabricar colaborativamente o relógio digital projetado pela equipe do CTA e colaboradores durante as etapas 1 e 2 da Hackatona. Não é necessário ter participado das etapas anteriores para colaborar nesta! Mais informações na página do evento.

Inscrições

Confira como fazer as inscrições na página do evento!

4° Hatch Red Bull Basement

Adicionado por Marina de Freitas 7 meses atrás

4° Hatch Red Bull Basement

Preparada para mudar o mundo? Pois é bom que esteja, porque ele já está mudando!

Depois de três anos apoiando projetos que beneficiem a cidade, o Red Bull Basement expande e agora busca por projetos de código aberto com temas mais amplos, olhando para necessidades como: saneamento, segurança pública, inclusão social, mudanças climáticas, recursos hídricos e educação inclusiva. Porém não se preocupe se o seu projeto não se enquadra na relação citada acima, o programa também está aberto a outras áreas. O objetivo é incentivar a inovação cidadã, com projetos que tenham consistência, viabilidade e potencial de impacto para a sociedade e seus cidadãos.

A Red Bull selecionará 5 projetos para impulsionar durante a 4° edição da Residência Hacker da Red Bull Basement. Os projetos irão ganhar apoio financeiro, além de suporte de mentores e colaboradores durante 2 meses em Sao Paulo. Te liga que as inscrições vão até dia 3 de Junho!!

Marina apresenta os resultas do projeto desenvolvido pela equipe o Basment. Imagem de Felipe Gabriel/ Red Bull Content Pool sob Copyright.

Curiosa?

Quer saber mais sobre a residência? Venha conversar com a gente no dia 17 de Maio, no CTA , as 19h00. Vamos explicar mais detalhes sobre o que é e como funciona a Residência Hacker, vamos ouvir um pouco mais sobre o movimento de Tecnologias Livres na América Latina e vamos nos desafiar a propor ideias de projetos para a residência.

Inscreva-se para o Hatch! Mais informações na página do evento

Mas por que no CTA?

A parceria entre CTA e Red Bull Basement nasce das nossas semelhanças. Somos equipes que se mantém firme na proposta de incentivar projetos de código aberto com impacto social! Além disso, a 3° edição da Residência Hacker da Red Bull Basement foi recheada de gaúchos CTAnos. 5 dos 9 residentes da 3° edição são colaboradores do CTA e irão estar presentes para compartilhar conosco a experiência de quem viveu a residência. Vocês pode conferir mais informações sobre os projetos do CTA que participaram da Residência na nossa página .

Cristthian e Alisson apresentam o projeto Microaerogerador durante o encerramento do evento. Imagem de Felipe Gabriel/ Red Bull Content Pool sob Copyright.

1 2 3 ... 6 Próximo »

Exportar para Atom