Plano de Ensino

Sigla: FIS01237
Etapa: 8 (Oferecida a partir de 2013/2)
Carater: Obrigatória
Créditos: 5
Carga Horária: 75 h

Pré-Requisitos

FIS01233 - TÉCNICAS DIGITAIS
+++ ADICIONAR FIS01268 - INTRODUÇÃO À FÍSICA QUÂNTICA B

Súmula

Arquitetura de microprocessadores. Endereçamento e conjunto de instruções. Memória e adaptadores de interface de entrada e saída. Projeto lógico e elétrico de sistemas microprocessados. Sistemas supervisores. Programação e algoritmos.

Objetivos

Familiarizar o aluno com conceitos básicos de sistemas digitais programáveis, fornecendo ao aluno elementos para compreensão da arquitetura de computadores clássicos e noções de computação quântica. Introduzi-lo à técnicas de projeto de hardware e software aplicadas a sistemas microprocessados. Preparar o aluno para a utilização científica e tecnológica de sistemas microprocessados.

Conteúdo Programático

Semanas 1 a 3: Introdução

Revisão técnicas digitais: Lógica digital, bases numéricas Introdução à arquitetura de computadores clássicos.

Semanas 4 a 6: Arquitetura Interna

Arquiteturas internas de microprocessadores e microcontroladores: ARM, PIC, AVRs, 808X, endereçamento e instruções,

Semanas 7 a 9 Programação e Periféricos

programação em assembly e C, acesso a periféricos e memórias externas, interrupções

Semanas 10 a 14 – Periféricos Embarcados

Temporizadores e contadores, comunicação serial, conversores AD e DA.

Semana 15 – Sistemas Operacionais

Introdução a sistemas operacionais, sistemas operacionais de tempo real

Semanas 16 e 17 – Projetos e Avaliação Final

Apresentação de projetos/ avaliação final

Metodologia

Aulas expositivas e de laboratório. Execução de projetos e apresentação de seminários realizados pelos alunos que envolva a implementação de fundamentos teóricos dos diversos aspectos de hardware e software estudados na disciplina.

Experiências de Aprendizagem

  • Resolução de exercícios
  • Aulas práticas
  • Desenvolvimento de projeto

Critérios de Avaliação

Serão realizadas três avaliações: A1, A2 e PJ, assim compostas:
A1 será composta por uma prova teórica T1 e uma avaliação prática P1, sendo A1=(P1*3+T1*7)/10
A2 será composta por uma prova teórica T2 e uma avaliação prática P2, sendo A2=(P2*3+T2*7)/10
PJ será dada pela avaliação de um projeto desenvolvido e apresentado ao final do semestre
A1 ou A2 poderá ser substituída pela nota obtida em exame (nota E).
Para pleitear a aprovação, o aluno deve obter (A=A1+A2)≥12 ou (A=A1+E)≥12 ou (A=E+A2)≥12.
O desenvolvimento de projeto é condição necessária para pleitear a aprovação na disciplina, mas só será levado em consideração caso o aluno tenha sido aprovado nas provas teóricas, conforme explicitado acima.
A média final será dada por MF=(A/2+PJ)/2
Será aprovado o aluno que obtiver MF≥6
Se aprovado o aluno receberá seu conceito de acordo com a seguinte tabela:
9 ≤ M < 10 A
7.5 ≤ M < 9 B
6 ≤ M < 7.5 C
0 ≤ M < 6 D
Ao aluno com falta de frequência (< 75%) será atribuído o conceito FF.

Será oferecida a oportunidade de um exame (nota E) para substituição de uma das avaliações A1 ou A2.

Bibliografia Básica

  • Fundamentos de Arquitetura de Computadores
    Raul Fernando Weber
    ISBN: 9788540701427
    Editora Bookman
  • Arquitetura de Computadores
    Nicholas Carter
    ISBN: 853630250X
    Editora Bookman

Bibliografia Complementar

Bibliografia adicional a ser sugerida pelo professor durante o curso