Visão geral

O que é o projeto "Meninas na Ciência"? E por quê?

Notícias comemoráveis a respeito da inclusão feminina na educação brasileira:

  • entre as 20 carreiras de graduação com maior número de recém-formados, as mulheres são maioria em 15 delas.
  • são maioria entre os discentes nas universidades brasileiras
  • são cerca de 50% dos docentes nas instituições públicas

No entanto, uma análise mais detalhada das estatísticas mostra que:

  • crescimento não está homogeneamente distribuído entre as disciplinas
  • o percentual na área de exatas é pequeno
  • Efeito Tesoura: o percentual de mulhers diminui desproporcionalmente à medida que se avança na carreira
  • Mulheres recebem ~ 70% do salário dos homens
  • A mudança no cenário da segregação é lenta (demais)
  • Menos de 18% do total de formados correspondem a “Engenharia, Produção e Construção” e o “Ciências, Matemática e Computação”

Os dados expostos acima expressam a necessidade da implementação de ações que visem a promoção da presença das mulheres nos campos de ciência e tecnologia (C&T). Em vista disto, o programa de extensão “Meninas na Ciência" foi idealizado no final de 2013 e tem como objetivo atrair meninas para as carrerias de ciência e tecnologia (C&T) e estimular mulheres que já escolheram estas carreiras a persistirem e se tornarem agentes no desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil.

Nossas ações incluem:
  1. formação continuada de alunas e alunos de graduação com foco em astronomia, física e robótica para o ensino de ciências e tecnologias,
  2. oficinas de ciências e debates sobre questões de gênero em escolas públicas da capital e região metropolitana, priorizando aquelas em situação de vulnerabilidade social,
  3. curso de robótica em uma escola pública e
  4. produção de filmes para difundir a presença de mulheres em carreira de C&T, criando assim modelos femininos em áreas onde há baixa representatividade de mulheres.

Membros

Mantenedor do projeto: Carolina Brito, Maria Inês Castilho
Membro da comunidade: Bruno Schmidt, Raquel Martell, Viviane Magnan
Gestor de Fórum e Notícias: Bruno Schmidt, Raquel Martell, Viviane Magnan