Testes e Caracterização (EM DESENVOLVIMENTO)

Testes de Usinagem

Nos testes de usinagem, iremos investigar como os parâmetros
de usinagem interferem no resultado final da placa. Porém, este será
um primeiro estudo, com objetivo de termos os primeiros dados
para serem usados nas melhorias da JB, não tendo o objetivo, em um primeiro
momento, de servir como padrão de testes fora do mundo da JB.

1-Velocidade de corte em função da velocidade de Avanço

Utilizando uma placa padrão de 10X15cm fixada na JB com seu lado maior
no eixo y, é usinado uma série de linhas paralelas ao eixo y
começando no ponto (5,5) até o ponto (80,5), com espaçamento de 0,5mm
entre cada linha, totalizando 150 linhas de 140mm de comprimento.
São escolhidas 10 velocidades de avanço (A até J), para serem testadas. Partindo
da primeira linha até a quinta linha, temos a velocidade de avanço A, depois a B, que
vai da sexta até a décima linha, seguindo essa lógica até a velocidade J.
A primeira sequencia de velocidades termina na linha 50, e é repedida mais duas
vezes até a linha 150.
Essa repetição e distribuição de velocidades na placa, tem como finalidade
diminuir a influência do desgaste e desnível (mesmo que muito pequeno) da placa
no resultado do teste.

2- Largura da trilha em função da profundidade de corte e o acabamento resultante.

Repetindo o teste de velocidade de corte em função da velocidade de avanço, em
diferentes profundidades, temos a influência da profundidade no acabamento e largura da trilha.
Esse teste é particularmente importante na utilização de fresas piramidal e "V carving", pois
tem a ponta cônica.

3- Testes de corte angular.

Pesquisar a influência da direção de corte no resultado da usinagem.
Mas antes verificar se cortamos a fibra em algum momento.

4- Teste de durabilidade.

Realizar o teste descrito no primeiro item, sem a variação de velocidade de avanço
para medirmos quanto dura uma determinada fresa em determinado avanço e profundidade.
Mediremos quantos mm a fresa usinou sem perder determinadas características mínimas de
qualidade (falta determinar quais são).

5- Teste de geometria.

Usinar figuras básicas para serem medidas e comparadas com o
desenho digital.

teste_padrão_A.ngc (2.9 kB) Germano Postal, 30/04/2015 16:41