A Bancada dos Hiperobjetos

A Bancada de Hiperobjetos é composta por i) um conjunto de máquinas de fabricação digital que tem por objetivo a materialização dos hiperobjetos e ii) as ferramentas digitais para desenho e simulação de componentes de seus componentes de hardware. O conceito de hiperobjetos foi definido no capítulo 8 da referência [1].

A bancada consiste na infraestrutura para projeto, desenho, documentação e materialização de objetos livres de modo a facilitar o livre compartilhamento de hardware e a livre colaboração para seu desenvolvimento. A bancada é composta por ferramentas livres para desenho e simulações de objetos e máquinas de fabricação personalizada, tais como impressoras 3D, fresadoras e outras máquinas de fabricação digital por controle numérico computadorizado (CNC). Esta bancada visa ser para o hardware aberto e livre o que o primeiro editor de texto (Emacs) e compilador de programas (GCC) do projeto GNU [3] representa para o software livre.

Exemplos de elementos da bancada de hiperobjetos:

  • KiCAD para projeto de circuitos eletrônicos [2]
  • Fresadora PCI João-de-barro.

Atualmente existe uma diversidade de impressoras 3D de código aberto disponíveis no mercado. O Centro de Tecnologia Acadêmica inicia a atuação desenvolvendo de uma fresadora de Placas de Circuito Impresso de alta qualidade pois acreditamos que está é uma máquina fundamental para a popularização da fabricação digital de instrumentos científicos e educacionais abertos. Conheça mais sobre a Fresadora PCI João-de-barro:

Fresadora PCI João-de-Barro Pro

Plataforma industrial e educacional para prototipação de placas de circuito impresso.

João-de-Barro Router

Router da Família João-de-barro projetada para usinagem de materiais leves como polímeros, madeira e alumínio.

  • Volume de usinagem 100 x 300 x 300 mm³.

Fresadora PCI João-de-barro

Primeira versão da Fresadora PCI João-de-barro. Indicada para fabricação caseira e hobbista.

Placa controladora CNC João-de-barro

Esta é uma placa controladora de máquinas de Comandos Numéricos Computadorizados (CNCs) de propósito geral, robusta, apropriada tanto para ambientes educacionais como industriais. Pode ser utilizada em praticamente qualquer máquina de usinagem, sejam fresadoras ou tornos CNCs.

Referências

[1] PEZZI, R.P.. Ciência aberta: dos hipertextos aos hiperobjetos. In: ALBAGLI, S.; MACIEL, M.L.; ABDO, A.H. (Org.). Ciência aberta, questões abertas. Brasília: Ibict; Rio de Janeiro: Unirio, 2015. (O capítulo 8 pode ser obtido aqui e o livro completo está disponível em doi.org/10.18225/978-85-7013-109-6)
[2] http://kicad-pcb.org/
[3] https://www.gnu.org/gnu/thegnuproject.html