Destaques, prêmios e parcerias

Adicionado por Marina de Freitas aproximadamente 1 mês atrás

Organizamos 6 atividades na UFRGS, participamos de 11 encontros e congresso nacionais e 7 internacionais. Começamos por Santa Catarina, subimos para Curitiba, uma pausa em São Paulo e pegamos uma praia em Salvador. Aproveitamos o inverno chileno, o verão chinês e pegamos uma garoa londrina.
Para 2019, fomos escolhido para sediar o TecnoX 4.0 ! As edições anteriores passaram pela Argentina, Chile e México. Em paralelo, fomos agraciados, juntamente com outros parceiros da America Latina, com o edital , foram agraciados pelo edital de redes temáticas da CYTED com o projeto "Hacia una red de tecnologías libres para educación, investigación y ciencia comunitaria", que tem como objetivo fomentar uma rede de desenvolvimento de tecnologias livres na América Latina. O TECNOx 4.0 também terá financiamento aprovado pelo CNPq e pela CAPES.

Mais uma vez ganhamos destaque no Salão de Iniciação Cientídica da UFRGS. O estudante Alisson Claudino ganhou destaque na sessão Engenharias - Física, Computação e Controle e Automação - com o projeto Sistema de Aquisição de Dados para Análise e Processamento de Materiais em Altas Pressões (SADAMAP ) . Nossos colaboradores foram destaque também em outros institutos de pesquisa. Em Março o estudante Cristthian Arpino realizou um estágio de inverno no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP), o qual culminou na publicação Simulação da operação e comunicação de uma carga útil baseada na Sonda de Langmuir com o OBC do NanosatC-Br2
Recentemente o estudante Vitor Vargas, juntamente com sua equipe, conquistou o 3° lugar , na categoria Embarca, na competição de carros elétricos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica.

O CTA iniciou e consolidou parcerias com 4 grupos de pesquisa com o formato de Hackatona de 12 meses, que busca aproveitar a sinergia entre os diferentes projetos por meio da colaboração das e dos estudantes envolvidos. São eles o o Laboratório de Altas Pressões, o Grupo de Física Experimental de Altas Energias e o Grupo de Pesquisa em Redes neurais, todos do Instituto de Física., e CardioEx (cardiologia do exercício), grupo de pesquisa do Hospital de Clínicas.

Foi iniciada a criação de um FabLab em parceria com o Prédio H (IF) para atuar na concepção e construção de instrumentos livres para o ensino de ciências.

Pela primeira vez, é publicada a Dissertação de Mestrado de um colaborador do CTA. O colaborador Leonardo Sehn apresentou o trabalho "Ciência Cidadã por meio de Estações Modulares: Construindo as condições para um Monitoramento Meteorológico Colaborativo" como conclusão do seu mestrado em Sensoriamento Remoto.

Confira mais detalhes das atividades que partcipamos aqui.


Comentários