Ciência Cidadã, vamos conversar

Added by Marina de Freitas about 4 years ago

Ciência cidadã é um dos pilares dos projetos desenvolvidos no CTA. Muito falamos sobre, nos baseamos neste conceito. Mas o que é isso? Da onde veio? Quais são suas problemáticas? Existem outros grupos realizando trsbalhos similares?

Enfim, acredito que perguntas melhores podem sair da leitura de alguns textos e de nossas discussões. Por isso, tomei a liberdade de criar esta tópico e criar um espaço para discussão sobre Ciência Cidadã.

Sugestões de leituras

  • Laboratorios Ciudadanos, laboratorios comunes: repertorio para pensar la universidad ylas Humanidades Digitales
    • Em anexo
  • Hackerspaces, ciência cidadã e ciẽncia comum, apontamentos para uma articulação
    • Em anexo
  • Ciencia ciudadana como empreendimento de la ciencia abierta: el riesgo del espectaculo de la producion y el accesso al dato
    • Em anexo

Laboratorios_ciudadanos__laboratorios_comunes__repertorios_para_pensar_la_universidad_y_las_Humanidades_Digitales.pdf - Artigo em espanhol sobre Laboratórios comunitários (530.8 kB)

Hackerspaces__ciência_cidadã_e_ciência_comum__apontamentos_para_uma_articulação.pdf - Artigo sobre as experiências de hackerspaces com ciência cidadã (249.5 kB)

Is_science_only_for_the_rich.pdf - Artigo em inglês sobre o acesso a ciência (1.2 MB)

Ciencia_ciudadana_como_emprendimiento_de_la_ciencia_abierta__el_riesgo_del_espectáculo_de_la_producción_y_el_acceso_al_dato._Hacia_otra_ciencia_ciudadana.pdf - Artigo sobre a ciência cidadã e sua conexão comd ados abertos, buscando resgatar sua conexão com a demanda da comunidade (245.7 kB)


Replies (1)

RE: Ciência Cidadã, vamos conversar - Added by Marina de Freitas about 4 years ago

Ciência cidadã, cívica e comunitária

No artigo Civic Technology and Community Science: A new model for public participation in environmental decisions (pdf ) Shannon Dosemagen e Gretchen Gehrke definem "ciência comunitária" da seguinte forma:

"Public Lab constrói sob as teorias de ciência cívica, fundamentado na tecnologia cívica, um modelo de ciência comunitária. Nós definimos ciência comunitária como uma exploração e investigação científica guiada colaborativamente para endereçar questões definidas pela comunidade, permitindo engajamento no processo científico como um todo.
Único em comparação com a ciência cidadã, a ciência comunitária pode, ou não, incluir parcerias com cientistas profissionais, enfatiza a propriedade da comunidade sobre a pesquisa e o acesso aos dados resultantes, orienta em direção aos objetivos da comunidade e trabalha junto em redes escaláveis para encorajar aprendizado colaborativo e engajamento cívico." (página 4)

Além disso,

"Um ciência comunitária e cívica e democrática verdadeira requer acesso a ferramentas que são acessíveis a indivíduos e as comunidades, e ao suporte para uso da ferramenta e analise dos dados." (Pg 10)

"A capacidade de uma comunidade de engajar em ciência comunitária é aumentada através do movimento de código aberto, particularmente o emergente campo de hardware aberto. Com acesso aberto para o design de ferramentas, princípios de design atentos ao custo, e suporte para práticas de DIY, as comunidades podem utilizar tecnologias cívicas. Tecnologias cívicas fornecem oportunidades de aprendizado para melhorar a compreensão e entendimento da ferramenta, capacidades técnicas e limitações, as quais são essenciais para alfabetização de dados. O poder de coletar, interpretar e compartilhar os próprios dados, sem depender da indústria ou governo, permite a comunidades uma voz mais autônoma em seus procedimentos." (pg 11)

Tenho para mim este conceito de "ciência comunitária" combina muito mais com os anseios e objetivos do CTA do que o de "ciência cidadã". Deste ponto de vista, acredito que, por sermos uma instituição de pesquisa, nossos principais objetivos devem ser:
  1. Desenvolver as ferramentas para monitoramento ambiental, e outras necessidades, compatíveis com a ciência comunitária
  2. Produzir conhecimento em português, tanto técnico, quanto teórico
  3. Estimular a ciência comunitária através de atividades educacionais e artísticas que promovam a emancipação tecnológica
  4. Prestar apoio a comunidades que desejam produzir uma ciência comunitária

(1-1/1)