Pedagogia de Projetos no desenvolvimento de uma nova plataforma educativa

Added by Cristthian Marafigo Arpino 5 months ago

Pedagogia de Projetos no desenvolvimento de uma nova plataforma educativa

Descrição do Projeto

Nossa proposta trata-se de uma plataforma muito semelhante as habituais Wikis, plataformas de gestão de projetos, mas neste caso, seria criado um software para cruzar os bancos de dados de plataformas de cursos onlines gratuitos, como a EDX, FutureLearn, Coursera, com plataformas que possuem documentação de projetos de hardware aberto e software livre, como o CTA, Openproject, Wevolver, OpenEcology, WikiLab, Git. Com essa plataforma será possível que os estudantes visualizem em tempo real quais os projetos que eles são capazes de fazer com o conhecimento que já adquiriram, e ainda, quais cursos terão que fazer para a realização de certos projetos. Com essa plataforma e a execução dos projetos presentes nela, os estudantes poderão perceber de forma concreta para o que o conhecimento deles serve. Além disso, este método pode se mostrar mais eficiente para que os educandos se sintam motivados e determinados a desenvolver sua curiosidade e autonomia intelectual.

Próximo Passo

  1. Formar uma equipe
  2. Iniciar o desenvolvimento da plataforma
  3. Desenvolver um buscador para tecnologias livres

Uso

Uso educativo da plataforma. É possível com métodos assim, garantir uma aprendizagem melhor e mais integrada à realidade e ainda dar conta do conteúdo programático trabalhado nas escolas; tornando, contudo, o processo de aprendizagem transdiciplinar e muito mais prazeroso.

Limitações e problemas conhecidos

Concepção do desenvolvimento

Plataforma de pedagogia de projetos que faça a curadoria do conhecimento do universo de tecnologias livres. A ideia desta plataforma esta baseado no principio de colisão de bancos de dados, com hashtags de busca, para conectar conteúdos de serviços de hospedagem de softwares livres (SOL), plataforma de projetos de Hardware Aberto e Livre (HAL), e plataformas de cursos onlines gratuitos que estão sobre licenças permissivas. Então o primeiro passo seria fazer um software (existem alguns códigos prontos para se basear) para entrar nessas plataformas que existem e baixar todo o conteúdo de projetos, softwares e cursos onlines sobre licenças permissivas. Sendo esta uma das tarefas primordiais, é preciso montar uma equipe de voluntários, pessoas que sejam competentes na arte de garimpar informações em domínio público na internet. E submeter os mesmo para uma outra equipe de voluntários com conhecimentos em diversas áreas, que seriam pessoas referências, que confiamos a responsabilidade de aprovar os conteúdos que entraram no banco de dados de tecnologias livres da plataforma. Esta equipe de validação precisa entender sobre, licenças permissivas, linguagens de programação, ciências jurídicas, ciências naturais, tecnologias, ciências humanas, artes, etc. A mesma equipe, faria a validação do conteúdo, para atestar sua qualidade, ver se trata de fato de conhecimentos em domínio público e classifica-los de acordo com os hashtags de saberes comuns entre os projetos e cursos. A inteligência que conectará estes conteúdos é o fator de maior importante, para isso é possível implementar bibliotecas de machine learn e inteligência artificial. Para facilitar a busca das informações, aumentar a velocidade dos resultados de buscas e misturar de modo integral e inteligente os conteúdos.

Pensamos em fazer um fork do DuckDuckGo! e como proposta é fazer uma plataforma que integre todo o universo de tecnologias livres do mundo, o buscador terá pelo menos duas utilidades: i) este buscador atuaria apenas mostrando resultados ‘abertos e livres’, ou seja, para todas suas buscas, apareceram sempre apenas projetos de software livre, informações do wikipedia, cursos onlines gratuitos, hardware aberto e livre, empresas, grupos e centros de pesquisa e desenvolvimento que realizam projetos abertos e livres. E na medida que as pessoas avançarem em suas pesquisas, por mais gerais que sejam, a plataforma poderá começar a recomendar leituras de acordo com as preferências das pessoas, mas também deixar a rigo do usuário configurar a forma como os resultados apareceram para eles, quais os tipos de filtros, ou até mesmo nenhum filtro. Assim como estimular todos os usuários a aprenderem sobre estudos de ética, direitos humanos, igualdade, equidade, preconceitos etnicos, sexismos, especismo, ecologia, sustentabilidade etc... Em suma, incentivar as pessoas a aprenderem e testar sua aprendizagem sobre alguns temas que vão além dos objetivos de desenvolvimento sustentavel da ONU. ii) Em segunda instância tudo que você pesquisar será otimizado para mostrar como os conhecimentos, informações, saberes e dados pesquisados se relacionam, tornando possível começar a inferir relações entre conceitos e conteúdos além da pesquisa por hashs passando a utilizar Ontologias. De modo a ser possível através de buscas que deveriam envolver mostrar como resultado vários projetos, o resultado já ser formatado em um página única que misture as documentações dos projetos confere as estruturas de inferencias relacionadas a busca. De modo a realizar uma outra busca do tipo, o resultado da mistura de documentações seria sempre diferente uma das outras.

O objetivo seria poder mostrar a cada momento quais cursos serão necessários para realizar certos projetos ou quais os projetos que eles são capazes de fazer com o conhecimento que ja adquiriram até o momento. Entende-se projetos no sentido de pedagogia de projetos, então na pratica um projeto pode ser muitas coisas e tipicamente cada um envolve vários conhecimentos distintos, por exemplo um projeto para melhorar a mobilidade urbana, pode envolver geografia, politica, ciencias sociais, linguagens de programação, equipamentos eletrônicos, etc. A todo momento os usuários serão estimulados a documentar seu aprendizado, e produzir seus projetos de modo colaborativo com outras pessoas, trocando os links de documentações, ou de seções especificas de cursos. Com métodos assim torna-se possivel, garantir uma melhor e mais integral aprendizagem para os alunos, de modo a enriquecer o processo, com trocas em chats, fórums, wikis, etc. Além de incentivar a participação e colaboração entre as turmas, os usuários poderiam perceber diretamente para o que o conhecimento deles servem, aproximando os estudos da realidade. Também poderá contar com uma poderosa ferramenta de gestão de projetos como o open project ou easy redmine para organizar sua aprendizagem e gerir o desenvolvimento de sua pesquisa e dos seus projetos, pacotes de trabalhos, avanço de tarefas..

Como o desenvolvimento de praticas educativas que investigam a cultura hacker para criação de métodos de ensino e educação e os movimentos de HAL, SOL, ciência aberta e cidadã estão confluindo para a necessidade do desenvolvimento de uma plataforma de educação orientadas por projetos com utilização de bibliotecas python de machine learning para gestão do conhecimento através de ontologias e um rápido e fácil acesso aos conteúdos através de um buscador. Trata-se de uma plataformar muito semelhante as habituais wikis, mas neste caso, seria criado um software para cruzar os bancos de dados de plataformas como a EDX, FutureLearn, Coursera com plataformas que possuem projetos de hardware aberto e software livre, como o CTA, Wevolver, OpenEcology, Git. Deste modo sera possivel que os estudantes possam visualizar em tempo real quais os projetos que eles são capazes de fazer com o conhecimento que ja adquiriram, ou então quais cursos terá que fazer para a realização de certos projetos. È possivel com metodos assim, garantir uma melhor e mais integral aprendizagem para os alunos, de modo a enriquecer o processo, além de incentivar a participação e colaboração entre a turma, assim também o alunos poderiam perceber diretamente para o que o conhecimento deles servem. Além disso, este método pode se mostrar mais eficiente para que os alunos se sintam motivamos e determinados a desenvolver sua autonomia intelectual.

Contatos